Brasil fechou 130,6 mil empregos em novembro. Pior número desde 92

O fim do ano é uma época de maiores contratações, mas se vê que nesse ano de crise os números serão menores que o dos outros anos pela queda nas vendas e do poder aquisitivo atrelado ao aumento dos produtos. Um benefício que dá segurança ao trabalhador é o Seguro Desemprego, trata-se de um auxílio prestado temporariamente aos colaboradores que perderam seu emprego sem a chamada justa causa. No Brasil hoje o número de seguros desemprego caiu, o número de demissões aumentou e uma fiscalização mais forte acontece.

País perdeu 130,6 mil postos de trabalho em novembro

Brasil perdeu 130,6 mil vagas de emprego formal em novembro. Os números são com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados na tarde de sexta-feira (18) pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Os números que representam uma queda de 0,32%, mostrando o o pior resultado para o mês desde o ano de 1992. Com relação ao mesmo mês de 2014, a queda foi ainda maior, já que teve um aumento de 8.381 vagas.

calculo-seguro-desemprego

A explicação para a queda, segundo o Segundo Ministério do Trabalho, foi devido a desaceleração no ritmo de queda de postos ocupados no mercado de trabalho brasileiro. “Este comportamento pode ser justificado em razão, fundamentalmente, do desempenho do setor comércio (+ 52.592 postos), que apresentou o melhor resultado desde novembro de 2014  (+ 105.043 empregos). Contribuiu também para este quadro de arrefecimento o setor de serviços, que, embora tenha apresentado uma redução de 23.312 postos, obteve um resultado melhor que o aferido em outubro último, quando a queda chegou a 46.246 postos”, informou o órgão.

Setores com mais demissões

Segundo os dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social, o maior número de demissões foi no setor da indústria de transformação,  com mais de 77 mil postos de trabalhos encerrados. Em relação ao ano de 2015, a queda no número de vagas de trabalho em todos os setores foi de 945.363.

15

No Responses

Write a response